Deixe seu e-mail e seja o primeiro a ler nossos artigos

    Machine learning: o futuro dos negócios

    08/01/2021

    Como essa tecnologia pode beneficiar as empresas

    O conceito de machine learning é o aprendizado automático das máquinas a partir de uma grande quantidade de informações. Essa tecnologia está relacionada à big data e representa o futuro da automação.

    A tecnologia tem evoluído muito rápido e empresas consolidadas sempre acompanham essa evolução. Isso porque, para manter a competitividade, é necessário buscar soluções tecnológicas para conectá-las ao trabalho realizado na empresa. Esse é um trabalho contínuo.

    Por isso, hoje vamos falar sobre o futuro da tecnologia corporativa. Mais especificamente sobre o machine learning e como essa tecnologia vai impactar na realidade das empresas.

    A “aprendizagem de máquina” é um ramo da inteligência artificial e é uma tecnologia bem menos cinematográfica do que parece. Trata-se de um sistema de aprendizado e adaptação constante, a partir de um fluxo de dados. O sistema segue uma programação base e, de forma automática, identifica padrões e realiza conexões. Com algoritmos extremamente modernos e um banco de dados sólido, a evolução é certa.

    Esses sistemas realizam cálculos estatísticos para realizar previsões e ajustes de acordo com as informações recebidas. Um ponto muito importante é que, com o machine learning, os softwares não precisam ser programados repetidamente, eles simplesmente aprendem automaticamente.

    Mas como essa tecnologia pode beneficiar as empresas? Separamos os principais pontos que você precisa saber sobre o assunto.

    Estratégias e aprendizado de dados

    Esse modelo de aprendizagem de dados abre margem para muitas possibilidades para as empresas. O que delimita a inteligência de mercado de um negócio e as estratégias que ele desenvolve é a relação com o processamento de dados.

    O machine learning tem capacidade para processar milhares de dados e ainda aprender com essas informações. Assim como os algoritmos de serviços de streaming aprendem as preferências do usuário e adaptam as sugestões. A lógica é a mesma. A partir das informações coletadas e processadas, os softwares aprendem e, assim, aprimoram seu funcionamento.

    Automação e produtividade

    O machine learning está diretamente ligado ao processo de automação. Isso quer dizer que com esse sistema é possível automatizar diversos processos de uma empresa, proporcionando ao negócio muito mais produtividade.

    O atendimento é apenas um dos exemplos de áreas que podem ser impactadas com esse aprendizado dos softwares. O uso de chatbots já é uma tendência há algum tempo, mas com o machine learning o atendimento fica mais preciso e eficiente.

    Economia

    A automação, por si só, já é um sinônimo de economia de tempo, mas o aprendizado de máquinas pode representar redução de custos. Além de diminuir a necessidade de mão de obra em algumas áreas, também pode identificar desperdícios para evitá-los.

    Com o fluxo de demandas diários, é normal que existam pontos de “prejuízo” nas empresas. Muitas vezes falta pessoal ou domínio de determinadas áreas para identificar esse escoamento de recurso. O machine leaning pode identificar esses pontos para auxiliar na economia.

    A Microsoft está constantemente investindo nas mais sofisticadas e atualizadas tecnologias para aprimorar seus sistemas. E a InfoWorker é habilitada a integrar esses recursos às empresas de forma personalizada. 

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *